Retrospectiva 2008 – Tecnologia

O ano de 2008 foi marcou também o início do blog propriamente dito, já que criei o blog em 2006 mas até janeiro de 2008 ele só tinha 3 postagens, que foram deletadas por não conterem nada de relevante.

Em janeiro de 2008 o blog foi rebatizado e comecei então a escrever, já que até então eu não fazia idéia do que significava “blogar”.

Nossa retrospectiva começa com 3 blogueiras citadas como relevantes em 2008, quando noticiei a morte da blogueira mais velha do mundo, da blogueira cubana que recebeu um prêmio por falar sobre a situação política de Cuba e que foi impedida de sair do país para receber o prêmio (coisas da ditadura) e sobre uma blogueira americana que conseguiu “bombar” seu blog que falava sobre o impacto da Doença de Alzheimer no casamento.

Também relacionado à Tecnologia e Computadores há o post sobre um livro que discute o modo de vida na era da tecnologia.

Comentado também no blog o “Download day” do Firefox 3, que como já bem disse um coleguinha blogueiro, se o Firefox tivesse 1 download já poderia figurar no Guinness, já que esse record (programa mais baixado num único dia) ainda não figurava no livro, mas é claro que eles não se contentariam com isso, foi uma campanha acirrada para “chegarem lá” e conseguirem um lugar no livro de records.

A chegada do iphone a 21 países também movimentou a galera em 2008, enquanto que aqui no Brasil a portabilidade dos celulares estava em todas as bocas.

A internet esteve presente em 2 outros artigos, um analisando o uso da internet nos jovens e outro comentando a influência da internet no cotidiano das pessoas.

De quebra, no dia 23 de dezembro de 82 foi a primeira vez que um não-humano recebeu o prêmio Homem do Ano do Times, e (adivinhem?) foi um computador.

Artigos citados:
Prêmio homem do ano da revista Times
TV alcança 98% dos jovens e web 86%
Portabilidade – mudando de operadora sem alterar o número de telefone
Morre a blogueira mais velha do mundo
iphone chega às lojas de 21 países
Firefox está no Guinness
O uso da internet
Blogueira é impedida de sair de Cuba para receber prêmio
Americana cria blog sobre o impacto do Alzheimer no casamento
Livro discute o modo de vida na era da tecnologia e cultura digital – leia introdução

Anúncios

Morre a blogueira mais velha do mundo

Blogueira mais velha do mundo morre aos 108 anos | Internet | Reuters

Uma australiana considerada como a mais velha blogueira do mundo morreu aos 108 anos e seu último texto falou sobre seus problemas de saúde, mas também sobre como ela ainda cantava uma canção feliz todos os dias.

Olive Riley, de Woy Woy, cerca de 80 quilômetros ao norte de Sydney, criou seu blog em fevereiro do ano passado, contando histórias sobre sua vida ao longo de duas guerras mundiais, sobre os três filhos que criou sozinha e sobre experiências como cozinheira nas regiões selvagens da Austrália.

Riley, fisicamente frágil mas de mente muito alerta, conquistou audiência internacional com seu blog, The Life of Riley (www.allaboutolive.com.au), e com uma série de vídeos publicados no YouTube em que ela aparecia falando e cantando.

Riley era considerada a blogueira mais velha do mundo, com 12 anos a mais que a detentora anterior do título, a espanhola Maria Amelia. Ela nasceu em 1899 e completaria 109 anos em outubro.

“Ela gostava da notoriedade -isso a ajudava a se manter alerta”, contou Darren Stone, bisneto de Riley, a jornalistas em Brisbane.

“Havia pessoas que se comunicavam com ela de lugares distantes como a Rússia e os Estados Unidos constantemente e não apenas ocasionalmente”, disse ele.

Riley escreveu mais de 70 textos em seu blog –ou “blob” [bolha], como ela dizia em tom de brincadeira, desde fevereiro de 2007. Ela criou o blog com a ajuda de um amigo, que colocava os textos online para ela.

No seu último e 74o texto (http://worldsoldestblogger.blogspot.com), em 26 de junho, ela falou sobre mudança para uma casa de repouso e problemas de saúde, afirmando que “me sinto fraca e a tosse não pára”.

Mas contou também ter cantado uma “canção feliz” com um visitante da casa, como fazia todos os dias, e que havia recebido “um monte de mensagens de email e comentários dos meus amigos da Internet, hoje. Fico tão feliz quando vocês fazem contato. Muito obrigada a todos.”

Ela morreu na casa de repouso, no sábado.

Links mais acessados

  • Nenhum

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Contato