Redes, blogs, fóruns, twitter, orkut, msn – o que a internet pode fazer por você?

Vivemos hoje a era da internet, quem domina os recursos da web pode conseguir maravilhas que antes nem eram sequer imaginadas. Com uma boa rede de amigos e/ou colaboradores você vai longe, já que o trabalho em grupo sempre consegue melhores resultados. Longe de usar a internet como lazer, que tal fazer dela um aliado em sua vida? Quer saber como? Aí vão algumas sugestões:

Redes

Além das redes já existentes, como Facebook, MySpace, Octopop e outras, das quais você pode tirar partido mantendo-se em contato com um certo grupo de amigos, você pode criar sua própria rede com seus alunos, colegas de classe, colegas de profissão, etc. Um bom lugar para criar sua “social network” é o Ning. Além de conectar-se com seus amigos, parceiros, colegas de trabalho, etc, vocês terão à disposição um fórum, blog, painel de eventos, aniversários, fotos, vídeos, música e muito mais. Há dezenas de recursos para compartilhar com sua rede, que pode ser aberta (qualquer um pode entrar) ou fechada (só entram os membros com convite).

Fóruns

Os fóruns são ótimos para quem precisa de respostas para questões complicadas, ou quer fazer uma monografia e precisa fazer uma pesquisa, ou… você é quem decide. Você pode criar um muito fácil de usar e de acessar no Forumeiros, e depois enviar convites para seus amigos / parceiros / colaboradores / clientes. É um local excelente para uma empresa lançar um produto, ou fazer uma sondagem antes, ou de explicar como é seu funcionamento, ou qualquer outra coisa que se queira fazer. Use sua imaginação.

Blogs

Muitas empresas hoje têm blogs porque são mais ágeis, você pode adicionar informação todos os dias e manter clientes sempre em dia com o que está acontecendo em sua empresa. Ou ainda pode ter um blog para seus funcionários, se forem muitos. Ou para seus colegas de profissão. Ou para o público em geral. Pode também fazer um blog para expor seu currículo, também muito valorizado hoje em dia. Um escritor pode ter um blog onde exponha sua obra ou parte dela, ou ainda um blog para vender seus livros.

Twitter

A nova mania americana vai aos poucos contagiando os brasileiros. Ótima forma de manter-se em contato com seus amigos, clientes e colegas de profissão, de saber as novidades em sua área, de mostrar os produtos de sua empresa. A comunicação no Twitter é ágil e em minutos muita gente manda seu recado. E o retorno é garantido, já comprovei aqui mesmo no blog, as visitas aumentaram depois que me conectei por lá.

Orkut

A febre nacional pode ter muitos problemas mas ainda é o site de relacionamento mais acessado pelos brasileiros. Você pode criar uma comunidade para seu grupo ou empresa, conectar-se a amigos e clientes, ou ainda entrar em comunidades de sua área e ficar por dentro de tudo. Também pode trocar idéias com outros profissionais e dar uma arejada nas suas.

MSN

Nem de só de papo-furado e miguxês vive o msn. Empresas que liberaram o uso do msn no escritório e conectaram-se a seus clientes no mínimo reduziram suas contas de telefone. É muito mais fácil comunicar-se com seus clientes e fornecedores via msn que via telefone e a cada dia mais cresce o número de empresas que o usam de maneira profissional.

A internet pode oferecer muito mais recursos, a visão de que só existem predadores, tarados e hackers na internet é um preconceito que não leva a nada. Assim como nos expomos diariamente a pegar um vírus ou sermos assaltados ou atacados por um tarado quando vamos para o serviço – e nem por isso deixamos de ir trabalhar – a navegação na internet tem riscos como tudo na vida, mas seus benefícios quando bem usada são imensos.

Leia também: Retrospectiva 2008 – Tecnologia

Vai trocar de celular?

Na hora de escolher um celular não pense só na estética, não se esqueça de que vai ficar um bom tempo com ele.

Na hora de escolher um celular não pense só na estética, não se esqueça de que vai ficar um bom tempo com ele.

Trocar de celular não é tarefa das mais fáceis, se você comprar o primeiro modelo que aparecer ou aquele que achou lindo pode se arrepender amargamente depois. Eu troco bastante de celular então vai por mim que sei do que estou falando…

Comprar por impulso

Não é só celular não, quase tudo que a gente compra por impulso acaba se arrependendo depois. Se você sai pra comprar um celular fissurada com um modelo que viu num comercial ou que sua amiga tem, aposto 10 contra 1 que em menos de uma semana já vai estar arrependido.

Comprar o mais caro

É óbvio que comprando o mais caro você vai levar o supra-sumo em tecnologia mas será que você precisa mesmo de tudo isso? Comprar um celular porque dá status pode ser uma opção, mas lembre-se que você vai ficar um bom tempo com ele e se não tirar partido que todos os recursos vai estar jogando dinheiro fora. Muita gente compra o celular ‘x’ porque está na moda e depois nem sabe usar direito, fica apanhando e passando vergonha porque nem sabe o que é um bluetooth.

Comprar o mais bonito

O mais bonito nem sempre é funcional e pode não ter recurso nenhum, talvez com um que não seja esteticamente tão bonito você possa curtir mais o seu celular. Eu já comprei celulares lindos que não prestavam pra nada, até pra fazer uma ligação era um tormento, dava vontade de jogar na parede.

O que você quer de um celular?

O primeiro passo para resolver sua compra é descobrir o que você espera de um celular para não ser ‘levado no bico’ por vendedores espertos. Quanto mais objetivo você for na hora de comprar seu aparelho, melhor será a sua compra porque restringirá as opções e você não vai ficar em dúvida entre trocentos aparelhos, terá no máximo 2 ou 3.

Pense bem o que você quer no seu celular: quer um só pra telefonar? Um que aceite cartão? Que acesse internet? Que seja ideal pra ouvir música? Que tenha uma tela boa para ver vídeos? Que tenha uma câmera com alta definição?

Faixa de preço

Depois de pensar no que espera de seu celular analise quanto está disposto a pagar por ele. Há ‘n’ modelos de celular e com certeza haverá um com o que você quer e dentro da faixa de preço que você quer pagar. Mas seja realista, não adianta querer um celular ‘que tenha tudo’ e ter apenas 200 reais para gastar.

Marca

É importante pensar na marca do seu celular porque quanto mais conceituada e respeitada ela for, maior a chance de você ter uma assistência técnica decente no caso de precisar, ou de ter um suporte à altura de suas necessidades. E depois comprando uma marca desconhecida pode ser bom para seu bolso pelo menos a princípio, mas fica difícil encontrar peças de reposição ou acessórios, caso você deseje comprá-los mais tarde.

A perder de vista…

Eu acho que celular não se compra ‘a perder de vista’ porque da forma como mudam os modelos e os recursos, se fizer em 10 vezes vai estar morrendo de vontade de trocar de novo antes de pagar a 5ª prestação, pelo menos eu sou assim. Mas cada um, cada um. Se você acha que está comprando um celular para a vida inteira, vá em frente e se afunde em parcelas pelos próximos 2 anos, mas eu sinceramente duvido…

Relaxa e goza

Depois que comprou seu celular, dê uma lida em seu manual, eu sei que ninguém faz isso, mesmo porque acho que não fazem o manual pra gente aprender a lidar com o aparelho, fazem pra gente se sentir idiota e passar raiva. Quem escreve manuais deve estar de mal com a vida e querendo que todo mundo se f…, mas enfim… Não tenha medo de fuçar, o celular não vai explodir na sua mão se você apertar um botão errado, é errando que a gente aprende, pelo menos nesses aparelhos. Acho o cúmulo quem compra um celular super-caro e não aproveita nada. Fuce bastante e use todos os recursos do seu aparelho, não se esqueça que você pagou por eles.

Entradas Mais Antigas Anteriores

Links mais acessados

  • Nenhum

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Contato