Retrospectiva 2008 – cinema

Eu gosto muito de cinema, mas como esse não é um blog sobre o assunto, mencionei apenas dois filmes que considerei dignos de nota: O exterminador 4 (que está dando muito o que falar antes mesmo de ser lançado na telona) e Joana D’arc, que vi e gostei muito. Se não gostasse estaria enrolada, já que a TV a cabo gosta – e reprisa todo santo mês.

Posts recomendados:
Terminator 4 – teaser-trailer
Joana D’arc – o filme

Joana D’arc (o filme)

Joana D’arc De Luc Besson
Joan Of Arc
A mulher que mudou a história.
Ano de Produção: 1999
País de origem: EUA/França
Gênero: Drama
Duração: 158
Direção: Luc Besson
Elenco: Milla Jovovich, John Malkovich, Faye Dunaway, Dustin Hoffman.

Século XV. França e Inglaterra estão em guerra. Muito religiosa, aos 13 anos Joana D’Arc procura Carlos VII e diz ter sido incumbida por Deus de liderar os exércitos para libertar a França e fazer dele rei. Após vencer sangrentas batalhas, em 1431 é queimada na fogueira acusada de heresia, aos 19 anos.
Drama dirigido por Luc Besson (de “Subway” e “O Profissional”) e estrelado por Milla Jovovich (de “O Quinto Elemento” e “Ultravioleta”), John Malkovich (indicado ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante por “Um Lugar no Coração” e “Na Linha de Fogo”), Dustin Hoffman (Oscar de Melhor ator por “Kramer vs Kramer” e “Rain Man”) e Faye Dunaway (Oscar de Melhor Atriz por “Rede de Intrigas”).

Comentário:

A HBO está apresentando esse filme hoje, que conta a história da heroína francesa que foi condenada à fogueira por heresia e bruxaria, dentre outras acusações. Como sempre os poderosos encontram sempre um meio de aniquilar aqueles que não aceitam e lutam contra seu poder. Uma prisão essencialmente política mas na época optou-se por acusá-la de heresia e bruxaria, como era o costume.

Aqui no Brasil vivemos um período semelhante quando todas as pessoas que se julgava poderiam ser prejudiciais ao “poder” de alguma forma eram acusadas de serem “subversivos”, uma palavra tão vazia quanto “herege”, e se não eram condenados à fogueira, muitos deles sofreram aniquilação de outras formas mais prosaicas e covardes.

(zailda mendes)

Links mais acessados

  • Nenhum

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Contato