Ser ‘a outra’ é uma boa opção?

Ser a outra nem sempre é uma posição cômoda.

Ser a outra nem sempre é uma posição cômoda.

Se você é do tipo materialista que só pensa em se dar bem e está pouco ligando pra ‘essas coisas de coração’ vá em frente, mas se você é de carne e osso como eu e pensa em ter uma relação estável e partilhar sua vida com alguém essa posição pode ser no mínimo incõmoda.

Ser ‘a outra’ implica em passar os finais de semana sozinha, viver na sombra e possivelmente ver o ‘seu homem’ desfilar com a mulher sem poder fazer nada, a menos que você seja a outra barraqueira. Mas aí vai ser a outra por pouco tempo porque homem que tem amante dificilmente larga a mulher por causa dela. Normalmente eles preferem manter a mulher e trocar de amante.

Para ser a outra a mulher precisa se acostumar a estar sempre em segundo plano, a se contentar com as migalhas emocionais que esse homem partilhado tem a oferecer e inventar maneiras de segurá-lo. Sabe como é, mulher tem algumas garantias, amante é artigo de luxo e descartável.

Algumas garantem que para a ‘legítima’ ficam as obrigações e para ‘a outra’ fica o prazer, mas acho que não é bem assim. Engana-se quem pensa que um homem só porque tem uma amante não tenha também uma vida sexual com a mulher, até porque se faltar em casa quem vai arrumar amante é a mulher e o homem não quer ser ‘corno’ mesmo se tiver duzentas amantes fora de casa.

Como já dizia o sábio ditado de párachoques de caminhão: ‘mexa com a mulher dos outros mas conserve a sua direita’. E é assim que eles pensam, se para a outra fica a maior parte do prazer, para a mulher fica a consideração, a amizade e o companheirismo. Se ela está doente ele está lá, se a outra ficar doente, que se vire. E que sare logo, senão ele arruma outra ‘outra’.

Na cabeça da esposa pode passar a fantasia de ser a outra, mas se pensam nos momentos mágicos tomando champanhe e fazendo amor na banheira do motel não pensam nas horas ao lado do telefone, sabendo que ele está em casa com a mulher, sabe-se lá fazendo o que.

Se você é do tipo que não está nem aí, acho que ser a outra não vai fazer mal, mas se você quer não só ter sexo mas também ter alguém, acho que não vai aguentar nessa posição por muito tempo.

Anúncios

5 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Vivian Zanetti
    mar 12, 2010 @ 15:17:23

    Nossa!!Não poderia ter lido matéria melhor principalmente no dia de hj em que iria e vou postar algo semelhente no meu blog…Minha tia descobriu uma traição de meu tio e está sofrendo muito…Eu ainda tenho minha cicatriz de 3 anos atrás e mais o fato de conviver com a ex outra,pelo menos eu acho,de meu marido onde quer q vá…Complicado…Mas adorei o q escreveu e é a mais pura verdade…Gostaria de colocar esta postagem no meu blog com os devidos créditos claro…Já a add nos “meus favoritos”.Se quiser e qdo puder faça me uma visita tá?Felicidades e parabéns!!Bjo.

    Responder

  2. lianne
    mar 17, 2010 @ 19:13:05

    ser a outra nao è facil para ninguem,por mais que voce diga que aguente porque ama a ele è pura mentira porque isso doi muito.

    Responder

  3. Maria Batista
    ago 29, 2011 @ 14:52:39

    Leiam com atenção antes de fazer a oração! Quanto mais essa oração for feita, mais ela se tornará forte E uma vez feito o pedido, não se pode mais voltar atrás! Isso é muito sério! Não façam com intenção de prejudicar alguém! E que seja feita a sua vontade! E que seja realizado o seu pedido!

    (W) pense em mim o tempo todo… Sinta-me… Eu estou dentro de você… Eu sou sua e você é somente meu (W)! Quero amarrado a mim, o seu espírito, o seu corpo e todos os seus cinco sentidos (W). Quero o seu coração preso ao meu, deixando você preso a mim todas as horas do dia, todos os dias da sua vida. Quero que você (W), me ame e me deseje com a mesma intensidade do desejo de satisfazer as suas necessidades físicas e emocionais! Quero que você (W), seja viril somente comigo e que seja impotente com todas as outras mulheres! Quero que você (W), sinta desejo somente por mim e que se satisfaça somente com o meu corpo, pois o meu corpo é uma extensão do seu corpo e somente ele consegue realizar e satisfazer todos os seus desejos e todas as suas vontades! Quero que você (W), sinta felicidade plena somente comigo, porque eu sou a sua metade perfeita, sua alma gêmea, eu te completo e por isso você não consegue viver sem mim! Quero que você (W), desanime e se sinta descontente com todas as outras pessoas, que você não queira mais estar com ninguém, nem com seus amigos E MUITO MENOS COM AS SUAS AMIGAS, somente comigo! Quero que você (W), sinta saudades de mim, que se sinta sozinho, que se desespere, que sofra longe de mim, que perca o seu sossego e a sua paz e não agüentando mais sofrer, que venha correndo pros meus braços pedindo o meu amor e a minha atenção porque somente comigo você encontrará tudo o que necessita pra ser feliz! Somente comigo você (W) encontrará abrigo, aconchego, afeto, amor, carinho, conforto, desejo, paz, proteção e segurança! Quero que você (W), venha correndo pra me ver cheio de desejos, e que não tenha sossego enquanto não me encontrar, quero que largue tudo e todos pra estar comigo. Quero que me ame (W) e me queira, muito e de verdade, louco e desesperadamente e que seja sempre dependente de mim e do meu amor! Quero que você me ame (RM) e me admire sempre, que se encante e se fascine com tudo em mim, porque pra você eu sou perfeita! Quero que chame somente pelo meu nome e o quero sempre apaixonado por mim (RM). Quero que deseje falar e estar comigo (RM) a todo instante, que só pense em mim e em como vai fazer pra me fazer feliz! Quero que possamos ser felizes juntos (W) e que você fique pra sempre comigo. Quero você pra mim (W), que venha logo e como eu desejo, pois eu o desejo e o quero depressa! Pelo amor que sinto por você (W), quero que se afaste de qualquer pessoa que o deseje! Quero afastado de nós (W) (RM), tudo e todos que nos separam. Você será pra sempre meu. Obrigada! Eu creio. Assim Seja, Assim Será, Assim Está Feito.

    Publicar por 7 dias !!!!

    Sem timidez para conquistar

    Recite 3 vezes essa quadrinha com muita fé :
    “Santo Antonio de Lisboa
    Feito de pinho de lei
    Santo Antonio me perdoa
    Dos beijos que ainda não dei”.

    Responder

  4. Thiago
    set 29, 2011 @ 19:10:51

    Muito se ouve falar do sofrimento da amante, aquela comumente chamada de “a outra”, pois esta passa por situações lastimáveis, como passar feriados e datas importantes sozinha e entristecida por não ter o companheiro por inteiro, muito se ouve falar do perigo que a “a outra” corre ao assumir um relacionamento limítrofe com um homem comprometido, podendo ter sua auto-estima reduzida, causando danos pisicilógicos permantes e irreparáveis, mas pouco ou nada se ouve falar do sofrimento do homem casado que se envolveu num relacionamento extraconjugal… e não precisamos nos extender ao fim de um casamento.

    Sabemos que existem inúmeras razões que levam um homem comprometido cometer adultério, sabemos que as desculpas usadas pelos “cafajestes” são sempre as mesmas para procurar emoção fora do casamento, sabemos também que existem aqueles que escondem da amante que tem um relacionamento estável até o último momento, mas é importante destacar que as vezes as coisas simplesmente acontecem, sem premeditação ou intenção, de forma fugaz, pegando o homem de surpresa, de forma que ao cair na realidade, já é tarde demais, pois se encontra envolvido num universo de paixão e saudosismo. As vezes as pessoas se tornam cegas.

    As vezes o homem comprometido sente-se sozinho no casamento, com sua auto-estima baixa, questionando sua capacidade de conquista e sua masculinidade, de forma que ao arriscar, acaba se metendo numa situação fascinante e irresistível. Naquele momento “o comprometido” deixa-se levar, pensando que o acontecimento é passageiro e que nunca se repetirá, mas as vezes o resultado do pulo é tão grande que o frio na barriga ao pensar naqueles momentos não pode ser evitado, tornando a vontade de revivê-los um martírio. Isso causa uma divisão da vida do homem, separando a realidade do sonho da aventura. Os encontros tornam-se repetitivos e o envolvimento inevitável, tornando aquele relacionamento fortuito um vício e uma paixão infinita. Nesta fase, existem preoupações na cabeça do comprometido em relação a amante: “Por onde ela anda?”, “Com quem ela está?”, “Será que ela beija outro homem nos finais de semana?”, “E eu aqui, em pleno sábado, na sala assintindo televisão…”. A vontade de ficar junto, a preocupação e o ciúmes são recíprocos. Não só a mulher sofre desses sentimentos, o homem também sofre muito, de forma inquietante.

    Existem casos em que, mesmo tendo “o comprometido” aberto o jogo com a amante, a situação se torna um desafio de conquista para ela, de forma que o relacionamento continua até os limites da despreocupação. Depois de determinado tempo, chega uma fase em que os devaneios da amante caem por terra e ela enxerga que há mais fatores envolvidos na vida do comprometido que impedem o seu desprendimento, nem sempre esses fatores são mentiras. O sonho acaba e vem o sofrimento, de ambas as partes. Não é só a amante que sofre, o comprometido também pode sofrer muito.

    A amante torna-se ausente, os contatos não são mais frequentes quando estão distantes, ela desaparece e os pensamentos fervilham a cabeça do comprometido. Isso atrapalha sua desenvoltura profissional e pessoal, atrapalha o sono, a amante torna-se a maior preocupação do comprometido por causa do sentimento de perda inevitável. No momento em que a amante abre o jogo, dizendo que está confusa e que precisa de alguem do lado dela sempre, o comprometido perde o chão que o sustenta, pois a paixão é louca e o sentimento de perda é enorme. Muitos prometem o mundo e o fundo, mas existem aqueles que sofrem quietos pois encontram-se numa situação impotente, quando nada pode ser feito para segurar a amada.

    Se o comprometido gosta tanto da amante, porque nao abandona mulher e filhos para ficar com ela?
    Mas se analisarmos profundamente, não é tão simples assim.

    A conclusão que pode-se tirar de toda essa história é que num relacionamento como esse, não há final feliz, todos perdem e sofrem muito.

    Ao comprometido agora resta sentir a dor do rompimento, se conformar com o final do relacionamento, lembrar e sentir saudades dos bons momentos que teve com a amante e voltar a quietude de seu casamento.

    Não estou protegendo os “cafajestes”, só estou analisando a situação por outra perspectiva para mostrar que nem todos os comprometidos são monstros sem sentimentos. Muitos sofrem cada segundo por causa da situação em que se meteram, de forma que nunca mais pretendem passar por isso novamente, por causa da dor e dos danos irreparáveis que sofreram e que também causaram a amante. Muitos comprometidos nunca mais serão os mesmos…

    Ninguém gostaria de se encontrar numa situação destas, mas as vezes… elas simplesmente acontecem.

    Thiago

    thilango@yahoo.com.br

    Responder

  5. Thiago
    jun 07, 2016 @ 23:25:43

    Caros. Conheço minha esposa desde a infancia, fomos grandes amigos na adolescência, nos tornamos namorados, namoramos muitos anos e casamos com trinta anos. Fomos amigos, amantes, companheiros, comparsas, confidentes. Sempre fui carinhoso, amável, brincalhão, divertido. Combinávamos em relação a carinho e sexo. Hoje somos casados, bem secedidos e INDEPENDENTES. Quando casamos, o sexo diminuiu um pouco. Apos a primeira criança, o sexo diminuiu bastante, após a segunda criança o sexo ZEROU. Ela não me procura mais, quando a procuro ela até aceita, mas faz sexo sem vontade e sem calor. Ja conversamos a respeito, ela fala que péco em tarefas domesticas e que nao a elogio. Pagamos caro por uma empregada domestica que cuida da casa de segunda a sexta-feira, entao nao vou fazer faxina. De final de semana quero descansar e aconselho o mesmo à ela, mas ela fica passando pano no chao e varrendo como louca. Falou que é muito atarefada e que tem que fazer compras. Me ofereci para fazer as compras, mas ela disse que gosta de fazer as compras. Reclama que de madrugada ela tem que acudir as crianças quando choram, mas apesar de eu ser um pai grudado com as crianças, quando a coisa aperta, é a mãe que elas querem. Ser mãe é assim, faz parte… As crianças preferem a mãe, eu era assim com a minha, a maioria das crianças são. Ser mãe é padecer no paraiso. Como mãe, minha mulher é nota 10, mas como esposa ela é nota ZERO. Ela fala que trabalha muito, mas trabalha somente quatro horas por dia, pois é proprietaria. Numa de nossas conversas perguntei a ela o que eu poderia fazer para melhorar nosso relacionamento. Ela não quiz falar, alegando que essas coisas nao se fala. Nao sou adivinho e nem tenho bola de cristal. Perguntei se ela tinha um amante. Ela disse que NÃO, pois isso não faz parte da educaçao dela. O significado de assédio moral é: Manipulaçao perversa que atenta sistematicamente contra a integridade psíquica do indivíduo. É isso que ela faz comigo. Morre de ciúmes, mas não dá carinho, não faz chamegos, não dá beijos, não faz sexo. Não brigamos e não discutimos, mas ela me castiga silenciosamente, me pune vagarosamente. Ja ficamos mais de um ano sem sexo. Certa vez cuidei dela quando doente, ela disse que estava doente por minha causa. Por muita insistencia minha, começou a fazer tratamento psicologico. Começou a usar a psicóloga para me atacar, alegando ela ter mensionado que o culpado pela situação era eu. Alegou o mesmo em relaçao a psiquiatra. Por muito tempo me sentí culpado, hoje não mais. Todos os dias tirava ela do sofá a noite para tomar um café na rua com as crianças, idem nos finais de semana. Ela passou a recusar isso tambem. Hoje saio somente com as crianças. Ela nao sorri para mim, somente para os familiares dela. Deixei meus amigos de lado por ela nao gostar deles. Acabou com minha vida social, agora acaba com minha vida sexual e minha sanidade mental. Nao quero me separar por causa das crianças. Sofri muito com a separaçao dos meus pais. Tambem gosto dela, mas nao sei até quando consigo aguentar. Hoje mal conversamos, somos apenas a sombra do casal que um dia fomos. Apenas animais correspondem a castigos. Casamento não é só sexo, mas casamento sem sexo não é casamento. Minha valvula de escape? NÃO sou adepto de prostitutas, então recorro a amantes. Estou na terceira. Duram em média dois anos, com muito amor e sexo.. Sexo louco, quente e insaciável. Mantém meu ego em dia, pratico a conquista, como quando era solteiro. Transo quase todos os dias úteis, as vezes com duas amantes no mesmo dia, em horarios diferentes. Nao tenho um pingo de remorso. Pra mim está sendo a soluçao e meu alivio, mas não caio na besteira de promover uma amante para esposa, pois a história se repetiria. Conselho de um cara experiente, ter filhos é fantastico e realizador, mas não precisam casar para isso. Escolham uma boa provedora e tenham um descendente, mas não casem NUNCA, pois o inimigo dormirá ao seu lado, é uma questao de tempo apenas. Nem todo o tempo do mundo é o suficiente para conhecer uma mulher… E para elas, não importa o que os homens façam, o mundo não é o bastante. Cheguei a conclusao de que todas as mulheres sao iguais, sao raríssimas as exceções. TODOS os meus amigos passam pela mesma situação.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Links mais acessados

  • Nenhum

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Contato

%d blogueiros gostam disto: