O trabalho como agente reintegrador

É uma frase feita mas nem por isso deixa de ser verdade: “o trabalho enobrece o homem”. Mas o trabalho levado a sério e com objetivos. O trabalho pode ser usado para reintegrar os presidiários, ou pelo menos para diminuir o ônus da sociedade para mantê-los.

Se eu que sou uma cidadã que não cometeu crime nenhum tenho que trabalhar para garantir meu sustento, por quê aos detentos é assegurado o direito de serem mantidos pelo Estado sem trabalhar? E não venham me dizer que detento trabalha, porque o que faz é apenas um bico – quando faz.

Deveriam ser criadas oportunidades reais de trabalho para o detento e o trabalho devia ser obrigatório – quem não trabalha não come. E com desconto de INSS e contagem como tempo de serviço. E nada de desconto na pena, trabalho devia ser obrigatório para todos os que têm condições físicas para isso.

Além de reintegrar o elemento ainda de quebra se reduziriam os gastos com ele, com uma porcentagem do seu salário revertendo para pagar suas despesas. Os presídios teriam que ser geridos como empresas, se não visando o lucro, mas pelo menos empatando a coluna de débito e crédito, tudo pago pelos que estão lá dentro e não por nós que (pelo menos teoricamente) estamos do lado de fora.

Acho injusto um preso ter o dia todo pra ficar de boa, à toa e sabe-se que o ócio é o pai dos vícios, enquanto nós aqui fora trabalhamos para pagar os impostos que servirão para financiar a folga dos detentos. Não é bom pra eles e nem pra nós.

O detento deveria ser privado apenas de sua liberdade, mas conservar a obrigação de trabalhar e estudar, e só sair quando ficar provado que realmente tem condições de ficar aqui fora, respeitar as leis da sociedade e ser capaz de financiar o próprio sustento.

Artigos relacionados:

A penintenciária-escola

A ficha criminal

Anúncios

2 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Trackback: A ficha criminal « Words
  2. Trackback: Indulto de natal « Words

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Links mais acessados

  • Nenhum

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Contato

%d blogueiros gostam disto: