Banco de olhos fecha e pára fila de transplantes no estado do Rio de Janeiro

G1 > Edição Rio de Janeiro – NOTÍCIAS – Banco de olhos fecha e pára fila de transplantes no estado do Rio

O único banco de olhos do estado do Rio fechou as portas na terça-feira (8) por falta de recursos. Com o fechamento, a fila de transplantes de córneas no estado do Rio parou e, em apenas um dia, quatro pessoas deixaram de receber córneas que chegaram ao Hospital Carlos Chagas, em Marechal Hermes, subúrbio do Rio, e não puderam ser recolhidas. As informações são do médico Marco Antônio Alves, responsável técnico pelo Banco de Olhos, que funciona dentro do Hospital Geral de Bonsucesso.

Segundo Alves, as últimas córneas a serem captadas foram as do menino João Roberto Amorim Soares, de 3 anos, morto após ser baleado em tiroteio na Tijuca, na Zona Norte da cidade.

O médico fala da dificuldade
financeira. “O banco de olhos é uma sociedade sem
fins lucrativos, mas é um órgão privado. Por lei,
somos obrigados a funcionar dentro de um hospital. Há muito
tempo estamos sem verba. A gota d’água foi agora porque o
único patrocinador, a Petrobras, por questão
burocrática, ainda não liberou o dinheiro, que daria
apenas para pagar os funcionários. Estamos sem nenhum
tostão no momento. E como funcionamos sem dinheiro por um tempo,
alguns impostos ficaram atrasados”, diz Alves.

Córneas devem ser retiradas em 6 horas

Segundo
ele, as córneas doadas devem ser retiradas em até 6 horas
após a morte do paciente e podem ser preservadas, em
média, por dez dias. Cada procedimento –
captação, preservação e
distribuição – é pago ao banco através
de um convênio com o SUS, mas a verba federal do
Ministério da Saúde também ainda foi
liberada.

A falta de recursos preocupa e o
banco sequer tem dinheiro para conservar as córneas. “Cada
vidro com o líquido (de conservação) custa mais de
R$ 250. Não temos nem dinheiro para botar gasolina no carro para
ir buscar as córneas”, relata Alves.

Inaugurado em 1993, essa não é a primeira vez que o Banco
fecha suas portas por falta de verba. “Entre novembro de 2007 e
fevereiro de 2008 ficamos fechados por problemas financeiros”,
lembra. Obras que duraram cerca de nove meses no ano
passado também interromperam os serviços.

Quem pode doar

Segundo
o médico, o sangue de todo doador é analisado antes da
córnea ser retirada. Pessoas com HIV, hepatite e sífilis
não podem doar. O técnico do banco de olhos faz um exame
prévio para saber se ela poderá ser aproveitada. Se
não puder, não é nem retirada. De lá, o
material segue para o banco de olhos e é colocado num vidro com
o líquido de conservação. A partir daí, a
equipe entra em contato com o Rio Transplantes, que é
responsável por organizar a fila e distribuir os tecidos.

Secretaria esclarece repasse de verba

Em
nota, a Secretaria estadual de Saúde diz que “…para ser
prestador de serviços do SUS e receber por esses
serviços, a empresa deve passar pelo processo de
credenciamento/habilitação. Ocorre que o banco de olhos
está, ainda, com seu processo em andamento, sendo que a
última tramitação de documentos ocorreu no dia
04/07/2008, quando o processo saiu da Secretaria Municipal de
Saúde do Rio de Janeiro, com destino à Sesdec (Secretaria
estadual)”.

Segundo a nota, a
documentação será analisada pela Secretaria e,
após, encaminhada para aprovação na
Comissão Intergestores Bipartite. Em seguida, o processo
é encaminhado para Brasília, para liberação
da habilitação.

Por fim, a Secretaria informa: “A Sesdec esclarece ainda que
tem procurado dar todo apoio para correta instrução do
processo de credenciamento/habilitação, e vinha
também colocando recursos próprios para financiamento do
serviço, enquanto a empresa é habilitada. Ocorre que a
secretaria estadual foi obrigada a suspender tal repasse financeiro
após receber a informação de que o banco de olhos
tem dívida contraída junto ao INSS, seguindo o que
determina o artigo 194 da Constituição Federal, em seu
parágrafo 3º (a pessoa jurídica em débito com
o sistema da seguridade social não poderá prestar
serviço, nem receber pagamentos do Poder Público).”

Anúncios

3 Comentários (+adicionar seu?)

  1. israel
    jul 21, 2008 @ 17:10:33

    amei as suas surgestões sobre o assunto (interpretação de texto), me ajudou bastante, você tem que fazer um site só com surgestões suas, pois você é de maisssssss….

    muito obrigado

    by: ISRAELMARQUES_13@HOTMAIL.COM

    Zailda responde:
    Tenho já 2 sites onde dou dicas de aprendizado (Aprenda Fácil) e sobre ensino e técnicas de aprendizado em geral (Questão de Classe). Apareça por lá, será bem-vindo! E obrigada pela visita e comentário!

    Responder

  2. Crermilda
    ago 29, 2008 @ 19:37:40

    É com tristeza que declaro que a cada dia fico mais decepcionada com nossos governantes. Parece-me que para eles o povo não tem valor. Esou há 9 anos aguardando um transplante de córnea – cuja perda da visão se deu por bactéria hospitalar, e até agora, neca! Nada de notícias, nada de informação correta, é tremendo jogo-de-empurra!
    Este país não é sério. Nada funciona aqu. Parece que vivo um pesadelo!
    Saudações
    Cremilda

    Zailda responde:
    É mesmo lamentável ouvir histórias como a sua, e é também verdade que o povo é sempre relegado a segundo plano, só se lembram do povo quando chega a hora de pedir o voto.
    De que estado você é? Nove anos é muito tempo, mas não deram nem satisfação? Com certeza tem gente furando fila… Já tentou na Justiça? Às vezes funciona…

    Responder

  3. Trackback: Fique por dentro Intergestores » Blog Archive » Banco de olhos fecha e pára fila de transplantes no estado do Rio …

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Links mais acessados

  • Nenhum

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Contato

%d blogueiros gostam disto: